Para superar crise e aumentar as vendas, empresas investem no treinamento de funcionários

Para superar crise e aumentar as vendas, empresas investem no treinamento de funcionários

Para superar crise e aumentar as vendas, empresas investem no treinamento de funcionários

Em tempos de crise, as empresas vivem em uma encruzilhada: ou demitem para equilibrar estoques e reduzir despesas, ou adotam medidas para alavancar as vendas. Uma das opções que tem ganhado força neste momento é o investimento em treinamento de equipes de vendas e de cargos gerenciais, como forma de estimular os funcionários a atingirem as metas e superar o momento de dificuldade. A empresa Cérebro Vital tem registrado um crescimento na procura por cursos motivacionais para grupos e empresas de diversos portes e segmentos.

De acordo com o CEO da Capital Vital, Luciano Vital Barbosa, formado em gestão na Harvard Business School (OPM) e com especializações em Neurociência Aplicada e Solução de Problemas Complexos pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), os momentos de crise aumentam o stress e a pressão sobre a grande maioria dos profissionais, principalmente os envolvidos com vendas e finanças. “Estar com a equipe motivada e treinada ajuda muito a superar os desafios que surgem no dia a dia”, explica.

Segundo o profissional, funcionários mais preparados têm maior resiliência, aumentando sua capacidade de análise e decisão, fazendo com que obstáculos possam ser aproveitados para tirar vantagens e superar a concorrência. “Quando analisamos momentos de crise vividas neste século, como as de 2001 e 2008, verificamos que empresas e profissionais que se prepararam e se motivaram conseguiram sair fortalecidos e em outro nível de negócios. Revitalizar as capacidades profissionais e pessoais são fundamentais para vencer a crise e sair dela em outro patamar”, acrescenta.

Entre as preocupações das empresas para com seus funcionários, nota-se a busca por motivação, técnicas de negociação, foco, resiliência e nível de satisfação do profissional e do cliente. “As empresas buscam medidas de impacto rápido e focadas na geração de resultados, motivação e técnicas para aumento de resiliência a pressões e stress. Estar pessoalmente mais capacitado para enfrentar as situações tensas desses períodos de crise faz com que se tenha melhor capacidade de análise e decisão, fazendo toda diferença no processo de reversão de resultados.

“O trabalho motivacional suportado por técnicas de neurociência potencializam o desempenho cerebral e ajudam a superar estes momentos como demonstram pesquisas da Harvard e são ensinadas nos cursos de neurociência do Massachusetts Institute of Technology (MIT), por exemplo”, ensina Vital.

Entre os cursos mais solicitados, tanto por executivos como companhias, estão três programas de treinamentos específicos para este momento. O “Potencialize seu Cérebro” É um conteúdo focado, efetivo e prático para todos potencializarem o cérebro, preparado com as melhores técnicas e ferramentas que aprendi e convivi em mais de uma década de estudos nos dois destacados centros de pesquisa e aprendizado, Harvard e Massachusetts Institute of Technology (MIT), e com alguns dos maiores neurocientistas, estrategistas e estudiosos, para ajudar pessoas comuns de forma prática, simples e efetiva a aumentar o desempenho do cérebro. O “Você no Próximo Nível” preparado especialmente para ajudar equipes de vendas a fortalecerem sua autoconfiança. Motivação e Técnicas que os façam passar para um próximo nível de resultados. Este programa tem sido sucesso com equipes de vendas diretas, vendas através de marketing multinível e áreas comerciais de empresas nacionais e multinacionais. E um terceiro programa, o “Programa de Potencialização e Vitalização Profissional”, mais denso em termos técnicos e comportamentais, focado para o mercado corporativo, que utiliza a consagrada metodologia de estudos de caso da Harvard Business School, que ajuda a potencializar e vitalizar profissionais, executivos e empresas através da discussão de casos reais que melhora o processo de análise e decisão, que pode ser customizado para as necessidades especificas da empresa e de seus profissionais.

Uma das empresas que optaram pelo treinamento de suas equipes de vendas é a John Cainó Network Marketing, representante no Brasil da marca de cosméticos Hinode, com atuação no Estado do Rio de Janeiro e uma equipe de 1,2 mil representantes e funcionários.

No início de agosto, a empresa reuniu 270 pessoas da área de vendas para um treinamento. Segundo John Cainó, presidente da companhia, este foi o primeiro treinamento oferecido para seus colaboradores, de uma série de outros já programados para agosto e setembro. “Sei do potencial que é Harvard e MIT e temos a convicção de que suas fórmulas de sucesso certamente darão certo no nosso negócio. Vi uma necessidade num desenvolvimento mais acelerado para formação de líderes que precisam melhorar seus resultados”, explica

Dentro dos objetivos traçados pela John Cainó Network Marketing, o executivo destaca os resultados esperados. “No curto prazo, queremos ter pessoas mais preparadas para desenvolver o negócio com maior velocidade. Já a médio prazo, projetamos resultados de vendas maiores que nos meses anteriores, mesmo em um momento de crise e estagnação da economia do País”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts

Enter your keyword